cape town escape
No ritmo de Cape Town: praias, gastronomia e cultura local
25 de fevereiro de 2024
tivoli avenida liberdade
Tivoli Avenida Liberdade é a certeza de uma estadia luxuosa em Lisboa
28 de fevereiro de 2024

Como economizar em uma viagem de última hora para a Europa no verão?

Tempo de leitura: 3 minutos
viagem de última hora europa

Aron Van de Pol/Unsplash

Planejando uma viagem de última hora para Europa? Ainda dá tempo de realizar este sonho, mesmo com um orçamento limitado. Os museus de Londres, os jardins de Paris ou até a gastronomia de Lisboa são exemplos do que explorar no continente com muita economia.

A partir de uma análise de buscas por voos desde junho 2022 até agora, descobrimos que Londres, Paris e Lisboa são alguns dos destinos mais procurados pelos brasileiros nessa época. Que tal descobrir como economizar em viagens de última hora para curtir o verão europeu?

Dicas para planejar uma viagem de última hora

  • Configure um alerta: O alerta de preços do Skyscanner é muito útil para acompanhar as variações das passagens aéreas. Fácil e gratuito, o alerta pode ser criado no site ou no aplicativo.
  • Tenha flexibilidade nas datas: o filtro de “mês inteiro” garante economia na sua viagem de última hora. Viajar às segundas-feiras, terças ou quartas pode sair muito mais barato do que nos dias concorridos como sábado e domingo.
  • Escolha bem o seu transporte: Em Londres, o Oyster Card é essencial, permitindo viagens ilimitadas. Em Paris, o Paris Visit Pass é uma ótima opção, oferecendo acesso ao metrô, ônibus e trem RER. Já em Lisboa, o Lisboa Card conecta os transportes públicos, além de entradas gratuitas ou descontos em turísticas.
  • Atrações gratuitas e descontos: O free walking tour, presente em quase todas as cidades, é uma ótima opção com contribuição espontânea. E a maioria dos museus oferece entrada gratuita pelo menos um dia do mês – o Museu do Louvre, em Paris, por exemplo, tem entrada gratuita na primeira sexta-feira do mês após as 18h (exceto em julho e agosto) e no dia 14 de julho (a menos que caia em uma terça-feira, quando o museu está fechado).
  • Aproveite os mercados locais: Ao visitar Londres, não deixe de conhecer o Portobello Road Market, em Notting Hill. Já em Paris, a dica é visitar o Marché d’Aligre, e, em Lisboa, o Mercado da Ribeira, também conhecido como Time Out Market e localizado próximo ao Cais do Sodré.

Londres, Inglaterra

viagem de última hora

Charles Postiaux/Unsplash

Planejar sua viagem com antecedência e estar atento às promoções e ofertas especiais pode ajudar você a economizar muito em diferentes voos para Londres. Pesquise em diferentes companhias aéreas, utilize o alerta de preços do Skyscanner e seja flexível nas datas de viagem. Além disso, busque por voos com escalas ou horários menos populares, pois muitas vezes eles são mais econômicos.

São diversas opções de acomodação, desde hotéis luxuosos até hostels e apartamentos com preços justos. Para economizar, considere se hospedar em áreas fora do centro da cidade, onde os preços costumam ser mais acessíveis. Além disso, reservar com antecedência e utilizar sites de hospedagem confiáveis pode garantir tarifas mais baixas. Também interessante é o aluguel de apartamentos, que permite economizar com alimentação, já que você pode preparar suas próprias refeições. Há supermercados que vendem comida a partir de 2 libras.

Londres oferece uma infinidade de atividades gratuitas para os visitantes. Explore museus renomados, como o British Museum, a National Gallery e o Victoria and Albert Museum, todos gratuitos. Caminhe pelos belos parques da cidade, como Hyde Park e Regent’s Park, e desfrute de momentos relaxantes sem gastar dinheiro. Além disso, fique de olho em eventos e exposições temporárias que podem ter entrada liberada em determinados dias ou horários.

Raquel Cintra Pryzant
Raquel Cintra Pryzant
Raquel Cintra Pryzant é editora da CNN Brasil e editora-chefe do portal de viagem e gastronomia Sola no mundo desde 2017. Com mestrado na Espanha, e experiência internacional, já colaborou com veículos como a National Geographic, BBC, Skyscanner, FOLHA e mais