Viva a tradicional Festa do Divino em São Paulo

xingu-sola-no-mundo
Na Sola do Mundo: da Cultura Indígena à Inca
12 de setembro de 2018
Voluntariado em zonas de conflito do continente asiático
20 de novembro de 2018

Viva a tradicional Festa do Divino em São Paulo

Tempo de leitura: 1 minuto

Maio é o mês da festa do Divino Espírito Santo, que há 19 anos é celebrada no espaço Cachuera! em São Paulo.

As Caixeiras Bartira, Zezé, Graça e Dindinha da conhecida família Menezes trouxeram do Maranhão uma oficina de caixa do divino para a Associação Cachuera. O sucesso da oficina fez com que em pouco tempo um ônibus lotado de coroas, roupas dos impérios e instrumentos viesse de São Luís direto para a Rua Monte Alegre, 1.094, em Perdizes.

A festa do Divino é uma celebração de vários dias que começa com a abertura da tribuna, salão que representa um palácio real, e só acaba com seu fechamento oficial. A 19ª edição da festa acontece entre 12 e 29 de maio de 2018. A entrada é gratuita e é pedido para que os participantes usem roupas claras.

Cada região do Maranhão celebra de uma forma diferente, e as singularidades de cada uma foram transformadas em uma websérie chamada “Itinerâncias de uma jovem caixeira” por Bartira, a herdeira da tradição.

Ela gravou festas de um dia e outras de um mês, algumas sem nenhum homem e outras comandadas por eles, com muita fartura e com pouca comida para atestar que não existe jeito errado.

“O intuito é cultuar Deus seja qual for a possibilidade de cada região. Está certo se sentir bem e fazer com amor”, afirma Bartira.

Ela gravou festas de um dia e outras de um mês, algumas sem nenhum homem e outras comandadas por eles, com muita fartura e com pouca comida para atestar que não existe jeito errado.

“O intuito é cultuar Deus seja qual for a possibilidade de cada região. Está certo se sentir bem e fazer com amor”, afirma Bartira.

Raquel Cintra Pryzant
Raquel Cintra Pryzant
Raquel Cintra Pryzant, 23, é jornalista e vive em São Paulo entre suas viagens pelo mundo. Ela é autora do projeto Sola no Mundo, viagens por histórias e culturas onde compartilha entrevistas e reportagens de suas viagens. Além de produzir artigos para Worldpackers, a Raquel é colunista da Hostelworld e trabalha como Nômade Digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *